Escolha uma Página

Para entender a importância do consultor, em primeiro lugar você precisa entender o que é consultoria. Estamos falando de uma profissão que consiste em fornecer um tipo de aconselhamento especializado a uma empresa ou pessoa.

Então, o que os consultores fazem?

Em um sentido prático, eles identificam o problema através de um diagnóstico amplo e estabelecem um planejamento estratégico para colocar ações em prática. Eles usam sua experiência e conhecimento em determinada área para resolver problemas.

Mas essa não é toda a história. De fato, qualquer um pode dar conselhos, mas poucos são pagos por seus conselhos da mesma forma que um consultor.

O que torna um consultor tão importante? 

Para responder essa pergunta, precisamos entender por que alguém está disposto a pagar por uma orientação especializada. As pessoas pagam porque querem conquistar algum objetivo. Às vezes, a ideia é mudar ou alcançar algo, e para isso precisam de ajuda porque a situação atual não é satisfatória. 

Eles sabem qual seria o estado desejado, mas precisam de alguém que mostre o caminho para chegar lá. O trabalho do consultor é ajudar o cliente a migrar do ponto A para o ponto B. Isso significa avançar do estado atual até o estado desejado.

Qual é o trabalho do consultor?

Para entender melhor o que os consultores fazem, vejamos o que eles geralmente oferecem a seus clientes. As negociações do dia a dia de um consultor variam significativamente com base em sua área de atuação.

Alguns consultores se concentram na estratégia, enquanto outros fazem o trabalho pesado. Em muitos casos vão até a empresa de um cliente, enquanto outros interagem apenas online. Alguns consultores oferecem ajuda contínua, enquanto outros têm compromissos únicos.

A maioria dessas diferenças gira em torno da oferta principal do consultor. Os serviços de consultoria mais comuns se enquadram em uma das três categorias abaixo:

1 – Conselhos Estratégicos

2 – Treinamento

3 – Acompanhamento Contínuo

Conselho estratégico

Oferecer aconselhamento estratégico é o que a maioria das pessoas associa à consultoria, e por um bom motivo: o planejamento estratégico é uma parte essencial do serviço de um consultor.

Porém, o trabalho do consultor é muito mais importante do que simplesmente opinar. Em suma, os consultores resolvem problemas. 

Às vezes, esses problemas são únicos e exigem soluções altamente personalizadas. Mas, em muitos casos, os problemas são comuns à indústria. Por isso o consultor é escolhido, pois já ajudou outras empresas a resolver o mesmo problema.

Acompanhamento contínuo

Às vezes, o valor que você agrega como consultor não vem de uma só vez. Em certos casos, o cliente precisa de acompanhamento contínuo. O objetivo é que não desvie do caminho definido para a resolução do seu problema. Assim, o consultor pode fazer pequenos ajustes ao longo do caminho. 

Esse modelo é comum para pequenas empresas, em que o proprietário não pode se dar ao luxo de contratar um membro da equipe para uma tarefa específica e, em vez disso, opta por fazê-lo sozinho com a ajuda de aconselhamento estratégico e orientação contínua de um consultor.

Por exemplo, digamos que o proprietário de uma empresa precise de ajuda no marketing, mas não possa contratar um profissional da área para trabalhar em tempo integral. Uma alternativa é contratar um consultor de marketing para traçar uma estratégia e monitorar os resultados.

Desafios da profissão

Um consultor independente precisa manter o foco em atrair clientes, por isso precisa investir em seu marketing pessoal, bem como na divulgação de seus serviços. O consultor deve estar comprometido com seus projetos e assumir suas responsabilidades em qualquer situação.

Além disso, os consultores independentes precisam dividir seu tempo entre gerar novos negócios e atender às necessidades de seus clientes existentes. Sem dúvida, esses objetivos podem ser alcançados com esforço e dedicação.

Veja também: 4 Comportamentos que um consultor deve evitar

WhatsApp Dúvidas pelo WhatsApp