Um plano de negócio é um conjunto escrito de metas alcançáveis ​​e os meios para alcançá-las. Sem dúvida, um plano bem elaborado é uma ótima maneira de manter um negócio nos trilhos e maximizar a produtividade no local de trabalho. 

Assim sendo, esse documento é fundamental para qualquer empresa, desde pequenos negócios a grandes corporações. Um plano de negócio ajuda as novas empresas a formalizar suas metas para a equipe interna e investidores em potencial, além de permitir que os fundadores da empresa acompanhem o progresso à medida que a empresa cresce.

Razões para escrever um plano de negócio

Um plano de negócio ajuda os proprietários de empresas a descobrir três coisas: seus objetivos empresariais, os recursos de que precisa para atingi-los e as etapas necessárias para cumprir os objetivos em um período de aproximadamente três a cinco anos.

Um plano de negócio é útil para orientar a fazer o seguinte:

Começar um negócio: um plano de negócios fornece a estrutura organizacional, financeira e operacional específica de uma empresa. Os proprietários de negócios podem usar esse documento como uma estratégia interna, bem como uma declaração de valores e / ou propósito.

Expandir um negócio: um plano de negócio dirá aos investidores em potencial qual é o estado atual de sua empresa e como você planeja expandi-la. 

Firmar uma parceria de negócio: ao iniciar um negócio com um parceiro, o plano estabelecerá um acordo financeiro completo e detalhado.

A seguir, 7 dicas para criar um plano de negócios eficaz.

1 – Escolha o seu público

Antes mesmo de começar a escrever um plano de negócio, você deve decidir a quem ele se destina. Esse planejamento pode ser focado externamente, isso significa que tem como alvo pessoas de fora da empresa (por exemplo, investidores ou credores), ou podem ser “focados internamente”, ou seja, voltado para pessoas de dentro da empresa (por exemplo: gerentes ou funcionários). 

2 – Construir uma visão clara

Se você ainda não tem uma visão clara para o seu negócio, é importante que crie uma antes de começar a trabalhar em seu plano. Uma visão é uma imagem de onde você deseja que sua empresa esteja no futuro, determinando até mesmo as ações a serem realizadas. Sem dúvida, ter uma visão forte e clara é muito importante na criação de um plano de negócio.

3 – Use ferramenta de análise de negócios

Usar diferentes ferramentas de análises de negócios permite que você descubra uma série de fatores internos e externos que você pode ter deixado de fora. As análises SWOT e PESTAL, por exemplo, podem ajudá-lo a encontrar lacunas no mercado e prever diversas ameaças. Além disso, aproveitar os pontos fortes e as oportunidades que você já tem ou enfrenta. 

4 – Defina metas realistas

Embora seja bom ser otimista, certifique-se de que as metas estabelecidas sejam realistas e viáveis. Atingir cada vez mais metas (mesmo que sejam fáceis) melhorará o moral daqueles que estão dentro da empresa. Além disso, garantirá que os investidores em potencial possam ver o progresso consistente que você está obtendo.

5 – Considere diferentes prazos

Os planos de negócios são normalmente definidos para um determinado período de tempo. Eles explicam o que a organização deseja alcançar e como o fará, em um período de tempo predeterminado. Ao criar seu próprio plano de negócio, pode ser valioso levar em consideração vários prazos diferentes para ver qual plano teria mais valor para os públicos externo e interno.

6 – Seja lógico, racional e conservador

Da mesma forma que o ponto número quatro, seu plano de negócio deve ser lógico, racional e conservador. Além de definir metas realistas, isso pode significar:

– Apoiar adequadamente quaisquer reivindicações ou suposições.

– Elaborar os meios para atingir as metas.

– Considerar os piores cenários.

7 – Revise seu plano periodicamente

Finalmente, você deve revisar periodicamente seu plano para se certificar de que sua empresa está indo na direção certa. Às vezes, seu plano de negócio pode até precisar ser retrabalhado se você identificar novas oportunidades ou ameaças no mercado. De qualquer forma, é bom ter certeza de que o que sua organização está fazendo é consistente com seu plano, que deve ser bem pensado e atualizado.

Veja também: Análise SWOT: como essa estratégia alavanca um negócio.



Quer mais informações sobre consultoria?


Entre no grupo do WhatsApp para você aprender muito e tirar dúvidas.

WhatsApp chat Dúvidas pelo WhatsApp