Escolha uma Página

A análise SWOT é uma ferramenta incrivelmente simples e poderosa para ajudá-lo a desenvolver sua estratégia de negócios. Então, esteja você orientando uma empresa como consultor ou seja o próprio dono do negócio, fazer uma análise SWOT é fundamental para um melhor planejamento estratégico.

Antes de mais nada, é importante saber o que significa SWOT. Trata-se de uma sigla que se refere a Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças. Além disso, mostra pontos fortes e fracos de uma empresa. 

Por que fazer uma análise SWOT?

A análise SWOT organiza seus principais pontos fortes, pontos fracos, oportunidades e ameaças em uma lista organizada. Ao reservar um tempo para realizar esse tipo de análise, você estará armado com uma estratégia sólida para priorizar o trabalho que você precisa fazer para expandir seus negócios.

Você pode pensar que já sabe tudo que deve ser feito para ter sucesso, mas uma análise SWOT o forçará a olhar para o seu negócio de novas maneiras. Assim, você verá seus pontos fortes e fracos e como pode alavancá-los para aproveitar as oportunidades e ameaças que existem em seu mercado.

Quem deve fazer uma análise SWOT?

Para que uma análise SWOT seja eficaz, um consultor de negócios ou os próprios líderes da empresa precisam estar profundamente envolvidos. 

Mas, para obter os melhores resultados, convém reunir um grupo de pessoas com diferentes perspectivas sobre a empresa. Por exemplo, vendedores, pessoal de atendimento ao cliente, até mesmo o setor de marketing e desenvolvimento de produtos. 

As empresas inovadoras até olham para fora de suas próprias fileiras internas quando realizam uma análise SWOT. Dessa forma obtêm informações dos clientes para adicionar aos trabalhos.

As empresas podem usar essa análise para avaliar sua situação atual e determinar uma estratégia para seguir em frente. 

Mas, lembre-se de que as coisas estão mudando constantemente, portanto, é preciso reavaliar sua estratégia, começando com uma nova análise a cada seis ou 12 meses.

Para startups, uma análise SWOT faz parte do processo de planejamento de negócios. Isso ajudará a codificar uma estratégia para que você comece com o pé direito e saiba a direção que planeja seguir.

Como fazer uma análise SWOT da maneira certa

Como mencionamos acima, você deve reunir uma equipe de pessoas para trabalhar em uma análise SWOT. No entanto, você não precisa de um dia inteiro para fazer isso. Uma ou duas horas devem ser mais do que suficientes. A seguir, um passo a passo para fazer uma análise SWOT da maneira certa.

Reúna as pessoas certas: assim você descobrirá que diferentes grupos dentro de sua empresa têm perspectivas totalmente diferentes que serão importantes para tornar sua análise bem sucedida.

Jogue suas ideias na mesa: fazer uma análise SWOT é semelhante a reuniões de brainstorming. Para começar, o ideal é estimular que cada pessoa dê ideias por conta própria.

Depois de cinco a dez minutos de brainstorming, coloque todas as ideias na mesa e agrupe as semelhantes. Permita que qualquer pessoa adicione notas adicionais neste ponto, caso a ideia de outra pessoa despertar um novo pensamento.

Classifique as ideias: depois que todas as ideias estiverem organizadas, é hora de classificá-las. A dica é realizar um sistema de votação para eleger as melhores.

Como usar sua análise

Com sua análise SWOT concluída, você está pronto para convertê-la em uma estratégia real. Afinal, o exercício é para produzir uma estratégia na qual você possa trabalhar durante os próximos meses.

O primeiro passo é examinar seus pontos fortes e descobrir como você pode usá-los para aproveitar as oportunidades. Em seguida, observe como seus pontos fortes podem combater as ameaças que existem no mercado. Use esta análise para produzir uma lista de ações que você pode realizar.

Com sua lista de ações em mãos, olhe para o calendário de sua empresa e comece a colocar metas nele. O que você deseja realizar em cada trimestre (ou mês) daqui para frente?

Além disso, analise como as oportunidades externas podem ajudá-lo a combater suas próprias fraquezas internas. Você pode minimizar esses pontos fracos para evitar as ameaças que identificou?

Veja também: Como fazer crescer seu negócio de consultoria?

WhatsApp Dúvidas pelo WhatsApp