Escolha uma Página

Tornar-se um consultor de sucesso envolve vários fatores, tanto profissionais quanto pessoais. Você tem que trabalhar a sua imagem, analisar seus resultados e saber se questionar.

Para se tornar eficiente, você precisa aumentar sua autoconfiança. É importante valorizar-se a cada dia pelas tarefas realizadas e objetivos conquistados.

A seguir, vamos destacar três habilidades básicas que você precisa ter ou precisa melhorar para ser bem sucedido no negócio de consultoria.

1 – Um bom consultor sabe ouvir

Ser consultor significa oferecer soluções orientadas para o cliente. Essa é a razão pela qual a primeira habilidade a ter é a de saber ouvir. 

Só assim é possível captar a realidade do seu cliente. Para encontrar soluções adequadas para ele, o consultor deve ser capaz de identificar suas principais necessidades.

Flexibilidade também são qualidades essenciais no ramo de consultoria. Para ter sucesso no setor, não basta identificar o problema e fornecer uma ou mais soluções. É essencial dar uma resposta caso a caso para cada problema, daí a necessidade de ouvir. 

O erro é padronizar as soluções, dizer que uma medida se comprovou diante de tal problema e por isso o melhor é usá-la em todas as circunstâncias. É preciso saber se adaptar às regras e condições da organização, sempre atento aos objetivos da empresa. O consultor deve inspirar confiança.

Não é apenas cada caso que precisa ser analisado individualmente. Dentro de uma mesma empresa, o consultor pode ter que lidar com diferentes colaboradores. 

Portanto, ele não deve apenas ouvir. Ele também deve intervir no momento certo. A fluência oral, o dinamismo e a capacidade de convencer seu público contribuem para uma melhor aceitação do consultor.

2 – Habilidades analíticas

Um bom consultor oferece soluções sob medida para seu cliente. Como cada questão é única, sua abordagem deve ser personalizada levando em consideração os contextos específicos de cada caso. Não se espera que ele encontre as soluções sozinho. A sua missão é ajudar e apoiar o seu cliente, seguida do trabalho colaborativo.

Realizando trabalhos de análise, o principal objetivo do consultor deve ser ajudar seu cliente a encontrar as melhores alternativas. Portanto, ele deve ser capaz de fazer as perguntas certas na hora certa. 

Assim, ele conseguirá entender o problema e encontrar uma solução coerente. Uma das principais qualidades que um consultor também deve ter é a capacidade de resposta. 

Se uma empresa necessita dos seus serviços, é sobretudo porque não consegue gerir internamente um ou mais problemas. 

Independentemente dos motivos da sua intervenção, o consultor deve fazer o seu melhor, analisando o problema em profundidade de forma estruturada para identificar soluções simples e operacionais. 

3 – Qualidades profissionais

Você não nasce consultor, mas pode aprender a ser e, acima de tudo, melhor com o tempo. O profissionalismo se traduz em “saber como fazer” associado a um espírito de análise. 

Um bom consultor é reconhecido pela sua pontualidade, pelo respeito às normas e as pessoas. Espera-se dele uma autonomia exemplar. 

Quando uma empresa solicita os serviços de um consultor é porque precisa resolver um problema onde sua equipe interna falhou. 

O consultor pode então esperar certa relutância por parte de alguns colaboradores na aceitação de suas ideias. Portanto, deve tentar estabelecer uma relação harmoniosa com todos e inspirar confiança. 

Em suma, o consultor ou aquele que pretende entrar para o mercado de consultoria deve ser diplomático, ágil, confiável, profissional, pontual, multitarefa, dotado de espírito de análise e síntese, escuta e, claro, outras qualidades essenciais. 

Tenha confiança no seu trabalho de consultor

Por fim, conseguir reunir todas essas habilidades não é uma tarefa fácil. Mas, o importante é se esforçar para chegar o mais perto possível das qualidades comprovadamente eficazes para ter sucesso no universo da consultoria.

São poucos aqueles que possuem todas essas características naturalmente, é possível, porém, adquiri-las com os anos de experiência e principalmente com um questionamento constante de si mesmo. 

Mas, acima de tudo, tenha confiança no seu trabalho de consultor. Ao fazer isso, será mais fácil ajustar a abordagem e, assim, tornar-se um consultor bem sucedido.

Veja também: Saiba como elaborar uma proposta de consultoria

WhatsApp Dúvidas pelo WhatsApp