Um negócio de consultoria ajuda os profissionais e executivos de empresas a identificar soluções e assim, implantar projetos que vão auxiliar nas melhorias que são fundamentais, juntamente com as necessidades de cada cliente.

Portanto, a consultoria pode ser caracterizada como um serviço de aconselhamento, onde o consultor auxilia o seu cliente a atingir os objeitos da organização da sua empresa.

É um serviço que busca ajudar, analisar e solucionar problemas de ordem pratica e criar técnicas de gestão que serão bem sucedidas para a empresa.

E o mais importante é que o consultor acaba gerando uma relação de confiança com seu cliente, fazendo com que ele assuma em partes iguais a responsabilidade pelo resultado positivo de todo projeto aplicado na sua empresa.

Acima de tudo, o profissional de consultoria interage de forma positiva com o cliente e se torna um agente de mudanças externo à empresa, assumindo a responsabilidade de ajudar os clientes a tomar decisões importantes, entretanto, não tem o controle direto da situação da empresa.

Assim, deve-se fazer com que o cliente perceba que o trabalho do consultor será algo que irá contribuir e auxiliar de forma positiva e real, para que desta forma se consiga encontrar a solução para os problemas.

Criando seu negócio de consultoria.

Em primeiro lugar criar um negócio de consultoria tem apresentado várias vantagens, que acabam atraindo vários profissionais para esse ramo de atividade. Isso acontece, pois existe uma grande valorização no mercado, boa remuneração, contato com várias indústrias e empresas de vários setores, flexibilidade de horários, não possui uma rotina monótona e possui vários tipos de trabalhos e possibilidades a serem exploradas. Entretanto, como qualquer negócio novo o profissional deve ter alguns cuidados para ter sucesso futuro na profissão.

Acima de tudo, a consultoria empresarial é uma atividade que tem como principal objetivo atender as necessidades reais das empresas dos seus clientes, quando for solicitado, através de sugestões e aconselhamentos de melhorias e mudanças de acordo com os seus conhecimentos.

Além disso, o profissional de consultoria trabalha com conhecimentos, com a capacidade de analisar, observar, propor e implantar soluções para os problemas que surgiram na empresa dos seus clientes e também oferecer qualidade e objetividade no serviço oferecido.

Assim, ao iniciar o negócio de consultoria, deve-se lembrar de que seu escritório atua como um processo interativo de agente de mudanças que é externo à empresa do cliente. Além disso, é assumida a responsabilidade de ajudar os profissionais das empresas a tomar decisões, lembrando que o consultor não é responsável direto pelo controle da situação.

Consequentemente, o negócio de consultoria deverá ser criado com a visão do profissional, desde o inicio e ter uma avaliação objetiva sobre a forma de atuação, assim como as expectativas comerciais que esse tipo de negócio requer.

Assim é muito importante que o profissional de consultoria crie um modelo do seu negocio, com seus objetivos, metas a serem alcançadas e observe a viabilidade desse negócio.

Etapas para começar o negócio de consultoria.

Ao iniciar um negócio de consultoria existem várias etapas durante o processo para que esse sonho se torne realidade. Assim, é preciso conhecer quais são os passos que se deve seguir e também se preparar para todas as exigências, desde administrativas até financeiras.

– Conhecimento na área: é de fundamental importância para qualquer ramo de trabalho ter vários conhecimentos na área, mas principalmente no mercado da consultoria.

O consultor será responsável por solucionar os problemas da empresa do seu cliente e assim, irá aconselhar sobre qual a direção que a empresa deve seguir para obter mais sucesso. Por isso é tão importante o consultor ser um profissional capacitado e com conhecimentos na área que vai atuar, mas também deve sempre se atualizar, estudar, fazer cursos e ler livros que ajudem a aprimorar a sua capacitação para atuar na área.

Outro fato a se observar é que se empresa de consultoria possuir sócios, todos da equipe devem estar aptos a realizar projetos do mesmo nível de qualidade ao trabalhar com os clientes, além de possuir conhecimentos necessários para atendê-los da melhor maneira possível.

– Saber se comunicar e possuir visão: é essencial que o consultor saiba ouvir seus clientes e toda equipe que vai trabalhar. Para ter um negócio de consultoria de sucesso, é necessário colocar a visão em prática que atenda todas as necessidades da empresa para qual será prestado o serviço. Além disso, é importante ser humilde e não querer mostrar que sabe tudo só porque tem vários conhecimentos na área, pois as pessoas não gostam de arrogância.

– Criar bons relacionamentos: No negócio de consultoria para conseguir clientes é fundamental criar e manter bons relacionamentos. Assim, uma forma fácil de fazer isso é usando as redes sociais e investindo nela para conseguir alavancar suas publicações. Mas o consultor também pode ir diretamente à empresa e visitar o seu cliente, apresentando seus projetos e trabalho.

Outra forma de iniciar é oferecendo algum serviço de consultoria gratuito para a empresa e desta forma ele servira como porta de entrada para vários outros serviços que podem ser contratados a seguir pelo seu cliente. Além disso, se cria assim um network fundamental, pois se os resultados forem alcançados, a empresa ira considera contratara uma consultoria no futuro.

– Metas e objetivos: é fundamental estabelecer metas e objetivos quando se começa um negócio novo e assim será fácil saber o que quer alcançar. O consultor estará motivado a melhorar continuamente seu trabalho buscando sempre conseguir mais contatos e novos clientes, o que ira garantir satisfação pessoal e profissional. Acima de tudo, estabeleça metas realistas para não gerar frustrações por não ter conseguido alcançar algum objetivo. Com metas realistas o sucesso será mais garantido. 

– Investimentos iniciais: para começar qualquer negócio novo, é sempre bom pensar no valor do investimento inicial que será necessário. Assim, o consultor deve contabilizar como gastos o aluguem de uma sala comercial ou a compra da mesma, a infraestrutura do escritório, como móveis, cadeiras, eletrônicos, reformas se necessárias, a contratação e gastos com funcionários se necessário, entre outros.

Desta forma o profissional de consultoria saberá ter um calculo aproximado do valor do investimento inicial que ele deve ter para começar o seu negócio. Outro fator a ser lembrado é o valor do capital de giro que será necessário para conseguir manter o negócio aberto e ativo.

Assim, seguindo todos esses passos e etapas com cuidado para iniciar o negócio de consultoria, com certeza sua empresa conseguirá muitos clientes e o sucesso será garantido.



Quer mais informações sobre consultoria?


Entre no grupo do WhatsApp para você aprender muito e tirar dúvidas.

WhatsApp chat Dúvidas pelo WhatsApp