Escolha uma Página

Se você pretende abrir uma empresa de consultoria precisa desenvolver o seu plano de negócios. E mesmo que você já tenha aberto uma empresa há pouco tempo, se ainda não fez o seu plano, faça hoje mesmo.

De fato, muitos empreendedores ignoram a importância dessa ferramenta. Trata-se de um documento usado para planejar todos os processos do seu negócio.

Portanto, a ideia é colocar no papel os objetivos e metas que você pretende conquistar daqui para frente. Além disso, o plano de negócios também pode ser utilizado como um guia de gestão estratégica para sua empresa.

Por onde começar a fazer o plano de negócios?

Comece resumindo o seu negócio através de um sumário executivo. Nessa parte você deve destacar os pontos mais importantes. Por exemplo:

– As principais características do plano de negócios resumidas em tópicos (qual é o produto ou serviço oferecido, valor cobrado, quem são os clientes, etc).

– Informações sobre a equipe de trabalho (experiência profissional e funções de cada um);

– Localização da empresa;

– Dados do negócio, missão e valores da empresa;

– Investimento inicial (valor aplicado para o início das operações);

– Áreas de atuação (setor de mercado que a empresa prestará serviço);

– Previsão de faturamento mensal (tempo que levará para recuperar o valor investido);

Erros que você deve evitar ao criar um plano de negócios

Durante o processo de criação de um plano de negócios muitos erros podem ser cometido. Por isso é importante fazer uma revisão para se certificar de que todo seu plano está adequado aos seus objetivos.

1 – Não definir bem o negócio

A falta de informação no plano de negócios é um erro grave. Questões como: o público-alvo da empresa, a região de atuação e analise mal elaborada de mercado, acabam prejudicando todo o planejamento. Quando não se tem muita experiência nesse assunto, o ideal é buscar ajuda de um consultor ou com algum empresário do setor.

2 – Deixar levar pelo emocional

É normal que o empreendedor se apaixone pelo seu negócio. No entanto, no momento de desenvolver um plano de negócios, o melhor é analisar friamente se é realmente viável e rentável.

Não enxergar a realidade pode atrapalhar a formulação do plano. Então, mantenha os pés no chão e as ideias bem organizadas.

3 – Errar nas contas 

O capital de giro é uma informação que não pode faltar, já que essencial para a manutenção do seu negócio. Mantenha metas ambiciosas, mas preserve o caixa e não abuse nos gastos.

Outro erro é não identificar os prejuízos que a empresa possa vir a ter. Muitas vezes, a receita nos primeiros meses não atinge o valor esperado e a empresa fica no vermelho.

Recomendações gerais sobre planos de negócios

Tudo que você precisa saber sobre plano de negócios. Abaixo citaremos algumas recomendações gerais para o desenvolvimento desse documento.

– Quando o negócio é inovador, o plano deve ser ajustado conforme as ações que ocorrerem e as oportunidades que forem aparecendo.

– Um plano de negócios não deve ser estático, pois tende a ser alterado com o tempo. Isso porque sempre há alguns ajustes e correções a serem feitas.

– Não descuide da apresentação do plano de negócios, pois ele é o seu “porta voz”. Por isso deve ter boa aparência, as ideias devem ser claras, objetivas e organizadas de maneira que seja fácil compreende-las.

– Quem pretende conseguir sócios ou fornecedores pode usar o plano de negócios para apresentar sua proposta. Até mesmo para pedir financiamento em bancos ele pode ser útil.

Dica final – Explique por que seu negócio é único

As formas de como fazer um plano de negócios variam e envolvem a análise dos pontos fortes e fracos de seus concorrentes. Então, uma vez identificado você pode justificar por que seu negócio é único. 

Por fim, você deve distinguir-se da multidão para aumentar a oportunidade de investimento. Neste ponto, você também pode incluir as habilidades de sua equipe para mostrar que seu negócio tem valor. Ou seja, referir-se as seguintes informações:

– Como será feita administração da empresa? Quais as qualificações do profissional responsável.

– Descrever a formação e experiência de cada membro da equipe.

– Esclarecer como você fará para cobrir as principais áreas de produção, vendas, marketing, finanças e administração.

– Incluir as atividades de gestão administrativa, como vendas, controle de estoque e controle de qualidade.

– Analisar a localização da empresa e as vantagens e desvantagens do ponto de atuação.

Veja também: Negócio de consultoria: o que saber antes de entrar

WhatsApp Dúvidas pelo WhatsApp