Escolha uma Página

Fazer um plano de negócios consiste em construir um mapa que irá guiá-lo para chegar onde você pretende com sua empresa. É muito importante não confundi-lo com outros documentos, tais como o plano financeiro, planejamento estratégico, plano de ação ou plano de marketing.

1 – Capa e índice

Certamente, a primeira impressão afeta a decisão de investidores. É necessário incluir no plano todos os dados importantes, como logotipo da empresa, nome, endereço, telefone, e-mail, site, nome do fundador e dos sócios, se for o caso, a foto do produto ou serviço.

No índice você deve classificar todos os pontos do plano de negócios com o número da página correspondente. É preciso fazê-lo o mais completo possível para o leitor ter uma ideia clara do que o documento contém.

2 – Inclua as necessidades e objetivos de sua empresa no plano de negócios

Na primeira parte do documento você deve realizar um resumo descritivo da ideia de negócio e incluir os seguintes pontos: o produto ou serviço e suas vantagens, oportunidades de mercado, equipe de gestão, o histórico até à data do plano, projeções financeiras, necessidades de financiamento e rentabilidade esperada.

Você deve definir a necessidade ou o problema que sua empresa pretende resolver. Mas acima de tudo, você tem que capturar a atenção dos investidores em cerca de duas páginas, que irá resumir os pontos mais importantes do projeto. 

Então, tenha em mente o seguinte:

– Se você ainda não está certo dos principais objetivos do seu negócio, precisa pensar sobre eles com cuidado, antes de fazer um plano de negócios.

– É interessante citar o tempo que você levou para desenvolver a ideia de negócio e o trabalho realizado até a data de entrega do plano.

3 – Descreva no plano de negócios como você vai resolver o problema dos clientes

Neste ponto você deve descrever a missão do seu negócio, por exemplo: as ações que a sua empresa pretende desenvolver para resolver um problema existente no mercado. Além disso, descreva as características do seu produto ou serviço. Outro ponto importante é suas forças e fraquezas.

Certamente, já existem empresas em seu setor de mercado que estão trabalhando para atingir os mesmos objetivos que você. Portanto, a dica é se diferenciar para vencer a concorrência.

4 – Explique por que seu negócio é único

As formas de como fazer um plano de negócios variam e envolvem a análise dos pontos fortes e fracos de seus concorrentes, uma vez identificado isso você pode justificar por que seu negócio é único. 

Você deve distinguir-se da multidão para aumentar a oportunidade de investimento. Neste ponto, você também pode incluir as habilidades de sua equipe. Ou seja, referir-se as seguintes informações:

– Como ocorrerá a administração da empresa.

– Descrever a formação e experiência de cada membro da equipe.

– Esclarecer como você fará para cobrir as principais áreas de produção, vendas, marketing, finanças e administração.

– Incluir as atividades de gestão administrativa, como vendas, controle de estoque e controle de qualidade.

– Analisar a localização da empresa e as vantagens e desvantagens do ponto de atuação.

5 – Lista das características do mercado, no qual você pretende desenvolver seu negócio

Antes de mais nada, você terá que analisar as condições do mercado em que atua: o quanto é grande e a velocidade com que está crescendo, além do seu potencial de lucro. Explique no plano de negócios como você vai pesquisar o seu público-alvo e com que ferramentas.

De fato, é preciso conhecer o mercado em que sua empresa irá desenvolver e direcionar suas estratégias de marketing. Certifique-se de resolver as seguintes dúvidas dos investidores: quais são os produtos de seus concorrentes? Por que alguém vai abandonar seus concorrentes para comprar de você?

6 – Analise suas fontes de renda

Por fim, quando você chegar neste ponto deve começar a traduzir tudo em números. Ou seja, analisar as previsões financeiras para o seu negócio. A análise deve incluir: preços da estrutura, custos, margens e despesas.

Se de repente você tiver problemas no negócio e não ter um plano, a empresa pode entrar em colapso ou falir. Portanto, você deve avaliar os riscos de seu negócio, identificar as áreas em que algo poderia dar errado e explicar o que você faria nesse caso.

Veja também: Como evitar as armadilhas do planejamento estratégico

WhatsApp Dúvidas pelo WhatsApp